Foi redescoberto o Primeiro NFT da Ethereum

 Nesta sexta-feira dia 30 de setmbro, um usuário do Twitter o “leonidas.og” divulgou um fio ou Thread dizendo ter redescoberto o primeiro NFT que foi cunhado na rede da Ethereum ETH. Trata-se de um sistema de registro de domínios parecido ao Ethereum Name Service ENS em que vem quebrando recordes de registros nestes últimos meses.

“Este contrato é um registrador de nomes de domínio parecido ao ENS que foi implantado em 8 de agosto de 2015. Se você for interagir, utilize um gravador! Aplicativo de cunhagem”.

O usuário recomenda que, caso interagir, é interessante utilizar uma “burn wallet”, ou carteira de queima, para se caso a história não passe de um golpe de “pishing”.

Os domínios da Ethereum apareceram com o objetivo de facilitar as transações entre endereços de carteiras. A ideia é, utilizando a tecnologia NFT, transformar endereços codificados aleatórios em nomes que realmente viabilizem o objetivo. Atualmente, o domínio Amazon.eth que foi registrado pelo Ethereum Name Service já recebeu uma oferta de U$1 milhão de dólares.

Caso seja o real, o aplicativo descentralizado ou dApp, foi desenvolvido por Mason Keresty.eth que trabalha atualmente como desenvolvedor na empresa Block Gurus.

“1/ Parece que potencialmente o mais antigo e agora 1° NFT no Ethereum acabou sendo redescoberto.

O contrato é um registrador de nomes de domínio parecido ao ENS que foi implantado em 8 de agosto de 2015. Se você for interagir, utilize um gravador! Aplicativo de cunhagem : … https://linagee-registrar-registrar-front end-r8fo-lwgtgpmc6-mkjuice.vercel.app

O usuário alega que, se estes são de fato NFTs, isso os tornaria os primeiros NFTs no Ethereum por vários meses, destronando o Etheria.

“Leonidas”, alega que somente 60 nomes de domínio foram inicialmente cunhados no contrato em 2015.

“Então os cerca de 6.000 que atualmente o número ultrapassa 100 mil registros que ocorreram na última hora parecem ser principalmente pessoas cunhando categorias populares do ENS. Por exemplo, o ‘999 Club’ esgotou quase instantaneamente”, avalia.

O “999 Club” é referência aos usuários que cunharam domínios com três números, como 123.eth, ou 456.eth” estes domínios foram os mais vendidos e negociados por preços mais altos que os restantes no Ethereum Name Service.


Caso essa história se confirme, o desenvolvedor deste contrato de registrador de nomes de domínio é o infame e anônimo criador do Ethereum, Linagee, que também implantou o primeiro contrato inteligente no Ethereum, bem como o TestCoin.

Linagee postou sobre o projeto no subreddit r/ethereum lá em 2015.

“Foi trazido ao meu conhecimento que, ao contrário do ENS, estes nomes de domínio diferenciam maiúsculas de minúsculas, então, “leonidas”, “Leonidas” e “LEONIDAS”, são todos domínios válidos e exclusivos. Das conversas que estou observando, as minúsculas parecem ser as mais populares”, alega o usuário

De acordo com o Etherscan, mais de 111.912 transações estão sendo realizadas dentro do contrato do registrador.

BiticaNews publica noticias informativas, de caráter totalmente jornalístico. Essa publicação não constitui e não é uma recomendação de investimento.

Tags:

#BTC #Bitcoin #BiticaNews #Noticias #Comprar #Token #Crypto #Criptomoedas #Altcoins #Mercado #Finanças  #Banco #cryptocurrecy #NFT #ETH #Ethereum #ENS

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem